Usamos cookies para garantir-lhe a melhor experiência de navegação no nosso site.
Ao prosseguir, está a declarar aceitar todos os cookies do site piab.com.
Leia mais

Escolha seu país ou região:
United Kingdom / Português
Choose a region americas europe asia
americas europe asia

Middle East Europe / Africa

Americas

Asia / Australia

    Languages
      • Americas
      • Europe
      • Asia
      • North America
      • South America
      • Other..
      • France
      • Germany
      • Italy
      • Poland
      • Russia
      • Spain
      • Sweden
      • Switzerland
      • United Kingdom
      • Other..
      • China
      • India
      • Japan
      • Singapore
      • South Korea
      • Other..
      Evangelista Torrecelli

      De volta ao básico

      Data 15/04/2016

      As pessoas, às vezes, riem quando digo que trabalho com vácuo. "Seu trabalho é criar nada" é um comentário comum. Eu queria saber se havia um comentário melhor e comecei a fuçar sobre o assunto. Então, vamos começar pelo básico. 

      A Wikipédia afirma que "o vácuo é um espaço vazio de matéria". Você também pode encontrar definições que vácuo acontece quando a pressão é tão baixa que todas as partículas em um espaço não afetam nenhum dos processos sendo transportados lá. Em física e engenharia aplicada, por outro lado, é provavelmente mais útil visualizar o vácuo como uma pressão negativa, pois esta é a força que pode ser aproveitada para fazer o trabalho.

      O primeiro exemplo de vácuo produzido pelo homem é geralmente atribuído a Evangelista Torricelli, que em 1643 encheu um tubo de vidro com mercúrio e o inverteu de ponta a cabeça em um prato de mercúrio. Parte do mercúrio que permaneceu dentro do tubo, realizou-se pelo peso da pressão atmosférica circundante. Torricelli tinha criado o barômetro, e ao lado de milímetros ou polegadas de mercúrio (mm Hg ou inHg), Torricelli (Torr) ainda é usado como uma unidade para medir tanto o vácuo quanto a pressão.

      Demorou até o século XX para o vácuo se tornar uma valiosa ferramenta industrial com a introdução de lâmpadas incandescentes e desde então, o uso de vácuo expandiu.

      Mas, e sobre nós na Piab? Utilizamos ar comprimido para gerar vácuo. Eles não são opostos? Usar uma pressão alta para criar um "espaço vazio de matéria"? Isso me leva ao princípio de Bernoulli que afirma que um aumento na velocidade de um fluido ocorre simultaneamente com uma diminuição da pressão. Isso é exatamente o que acontece quando você toma banho e a cortina do chuveiro se move pendurada em uma posição vertical neutra em direção ao alto fluxo da corrente de água no chuveiro. Ou, onde há uma forte corrente de água fluindo, automaticamente água das correntes laterais é extraída e um fluxo das correntes laterais gerado para a corrente principal de alto fluxo.

      Usando essas analogias, fica mais fácil explicar o que o vácuo é e como você realmente pode identificá-lo em negócios diários... E como a Piab usa ar de pressão alta empurrando através de um cartucho muito pequeno com aberturas nas laterais, enquanto automaticamente puxa o ar atmosférico da área circundante para gerar o vácuo. Fascinante, não é?

      Leia mais sobre isso no nosso informe técnico:

      Häla El Sheemy Washbrook
      Vice President Marketing & Communication
      Tel. +46 8 630 25 00
        Compartilhar

      Create your FREE account and access all our content:

      • CAD files
      • Check product availability
      • Request quotes
      • White papers
      • Newsletter
      Yes please!
      Meu Piab
      Atividades recentes
      Product comparisons

      Piab AB © 2016 Informação legal

      Siga-nos

      Contate-nos